Olá, Galera!

Muitas vezes ouvimos falar do Spring Framework, vemos nas listas e discussoes, mas muita gente ainda tem dúvidas do que é e de como funcina.

Objetivo

Este artigo tem a intenção de dar uma olhada no que é o spring framework, como funciona e o que ele tem para oferecer.

Descrição:

Spring é um framework de código aberto (open source), criado por Rod Johnson, em meados de 2002, e apresentado no seu livro Expert One-on-One: JEE Design and Development. Como nessa epoca a utilização de EBJ era bem complexa o Spring veio com intenção de simplificar a criação de códigos java e simplificar a Injeção de Dependencia pelo Framework apresentado, o Spring Framework.

A grande vantagem do Spring framework, é sua simplicidade e flexibilidade. Podemos com ele criar projeto robustos e de alta performasse mas com simplicidade no seu desenvolvimento e com facilidade de manutenção.

Ele tem duas premissas básicas, que simplifica bastante a vida dos programadores:
* Injeção de dependência
* Programação Orientada a Aspecto

Mais ele não fica somente por ai:

O Spring atualmente é um guarda-chuva de módulos e projetos como Spring Data (que trata da persistência), Spring Security (trata da segurança da aplicação), Spring MVC (Que gerencia controladores de paginas e arquitetura RestFUL) entre outros. Mas o princial do Framework é (core) pode ser utilizado em qualquer aplicação Java e suas as principais funcionalidades são a injeção de dependência (CDI) e a programação orientada a aspectos (AOP).
A grande vantagem do Spring Framework é que o desenvolvedor pode escolher qual modulo do Spring ele quer usar, escolhendo somente o necessário para o projeto que está “mexendo” atualmente. Isso o torna tão poderoso é flexivel, pois não precisa “carregar” todo o framework para sua aplicação, somente o que é necessário no momento do uso.

spring-overview

fonte:
http://docs.spring.io/spring-framework/docs/current/spring-framework-reference/html/overview.html#overview-modules

Como funciona:

No Spring o container se encarrega de “instanciar” classes de uma aplicação Java e definir as dependências entre elas através de um arquivo de configuração em formato XML, inferências do framework, o que é chamado de auto-wiring ou ainda anotações nas classes, métodos e propriedades. Dessa forma o Spring permite o baixo acoplamento entre classes de uma aplicação orientada a objetos.

O Spring possui uma arquitetura baseada em interfaces e POJOs (Plain Old Java Objects), oferecendo aos POJOs características como mecanismos de segurança e controle de transações. Também facilita testes unitários e surge como uma alternativa à complexidade existente no uso de EJBs. Com Spring, pode-se ter um alto desempenho da aplicacao.

Trecho retirado da wikipedia: https://pt.wikipedia.org/wiki/Spring_Framework.

No próximo artigo vou destrichar mais sobre a injeção de dependência e Programação Orientada a Aspecto, utilizando o Spring Framework.

Abraços.

Categories: Artigos Tecnicos

0 thoughts on “Uma olhada sobre Spring Framework”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts

Artigos Tecnicos

UaiJUG Last Party – 2016

Olá Developers, Está chegando o final do ano e nada melhor para comemorarmos o famoso aniversário do UaiJUG do que um evento. Este ano, no dia 19 de novembro, estaremos realizando o evento UaiJUG Last Read more...

%d blogueiros gostam disto: